Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39000
Title in Portuguese: Aprendizagem cooperativa em sala de aula na EEEP Alan Pinho Tabosa-CE e sua relação com uma cultura de paz, sob a ótica das juventudes
Author: Matos, Catarina da Graça Almeida
Advisor(s): Matos, Kelma Socorro Lopes de
Keywords: Aprendizagem Cooperativa
Cultura de Paz
Juventudes
Issue Date: 2018
Citation: MATOS, Catarina da Graça Almeida. Aprendizagem cooperativa em sala de aula na EEEP Alan Pinho Tabosa-CE e sua relação com uma cultura de paz, sob a ótica das juventudes. 2018. 96f. - Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação, Fortaleza(CE), 2018.
Abstract in Portuguese: O presente trabalho teve como objetivo analisar a relação entre a metodologia da Aprendizagem Cooperativa (JOHNSON e JOHNSON) e práticas de Cultura de Paz (JARES), (GUIMARÃES), (MATOS), na escola, a partir da perspectiva das juventudes (DAYRELL e CARRANO), (MATOS). Nosso lugar de pesquisa tratou-se da Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Alan Pinho Tabosa, Pentecoste-Ce. A instituição, que se encontrava em seu sexto ano de funcionamento, no ano da pesquisa, 2017, adota como metodologia de ensino-aprendizagem a Aprendizagem Cooperativa, a partir da influência do movimento de educação informal da região, Programa de Estudos em Células Cooperativas (PRECE). A escola tem desenvolvido desde a sua fundação estratégias de aprendizado inovadoras fundamentadas nos cinco elementos da metodologia AC. Em nosso trabalho, escolhemos a estratégia de transição metodológica, Exposição, Tarefa individual, Meta coletiva, Fechamento e Avaliação individual (ETMFA) (elaborada pelo grupo de professores e gestores da escola, com o objetivo de proporcionar em sala de aula uma nova forma de aprendizagem, vinculando o método expositivo tradicional de aulas aos elementos da AC fortalecendo e ressignificando a aprendizagem) para compreendemos como a vivência da metodologia se relaciona com os princípios de uma Cultura de Paz na escola, quando fomenta comportamentos como a cooperação e a solidariedade entre os discentes, além de desenvolver habilidades sociais como a empatia, a assertividade, o protagonismo e a autonomia, transformando a escola em um espaço emocional (CASASSUS). A partir de uma investigação de caráter quantitativo e qualitativo, pudemos analisar os impactos da proposta metodológica na formação dos discentes. Os resultados demonstraram que, mais do que apenas um método, a Aprendizagem Cooperativa, vivenciada na escola, e seus princípios funcionam como elementos norteadores do comportamento dos estudantes, fazendo com que estes se sintam sensibilizados a modificarem neles mesmos práticas e posturas socialmente construídas como a individualidade, a competitividade e a violência em novas formas de se relacionar através do afeto, do importar-se com o outro, do senso de coletividade, da vivência positiva dos conflitos, do respeito às individualidades, junto a isso, os estudantes declararam ter adquirido mais autonomia, autoestima e segurança ao se posicionarem diante de situações que vivenciam de modo geral. Consideramos que a escola, como espaço de formação integral dos sujeitos de uma sociedade, precisa investir também em estratégias e premissas que proporcionem a vivência de uma Cultura de Paz.
Abstract: The objectivy of this study was to analyze the relationship between Cooperative Learning (CL) (JOHNSON and JOHNSON) methodology and Culture of Peace practices (JARES), (GUIMARÃES), (MATOS), at school, from a youth perspective (DAYRELL and CARRANO), (MATOS). Our place of research was the State School of Professional Education (EEEP) Alan Pinho Tabosa, Pentecoste-Ce. The institution, which was in its sixth year of operation, in the year of the research, 2017, adopts as teaching-learning methodology the Cooperative Learning, based on the influence of the informal education movement of the region, Programa de Educação em Células Cooperativas (PRECE). Since its foundation, the school has developed innovative learning strategies based on the five elements of the CL methodology. In our work, we chose the strategy of methodological transition, Exposition, Individual Task, Collective Goal, Closure and Individual Assessment (ETMFA) (elaborated by the group of teachers and managers of the school, with the objective of providing in the classroom a new form of learning, linking the traditional expository method of classes to the elements of CL strengthening and resignifying learning) to understand how the experience of methodology relates to the principles of a Culture of Peace, when it fosters behaviors such as cooperation and solidarity among students, in addition to developing social skills such as empathy, assertiveness, protagonism and autonomy, transforming school into an emotional space (CASASSUS). From an investigation of quantitative and qualitative character, we were able to analyze the impacts of the methodological proposal on the training of the students. The results demonstrated that, more than just one method, the Cooperative Learning, lived in the school, and its principles function as guiding elements of students' behavior, making them feel sensitized to modify in them socially constructed practices and attitudes such as individuality, competitiveness and violence in new ways of relating through affection, caring for others, a sense of collectivity, a positive experience of conflicts, respect for the individualities, and the students declared that they had acquired more autonomy, self-esteem and security when they position themselves before situations that they experience in general way. We consider that the school, as a space for the integral formation of the subjects of a society, must also invest in strategies and premises that provide the experience of a Culture of Peace.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39000
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_cgamatos.pdf1,85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.