Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40337
Title in Portuguese: Reestruturação produtiva pactuada nos agropólos do Ceará: o caso Jaguaribe-Apodi
Author: Carvalho, Lêda Vasconcelos
Advisor(s): Menezes, Ana Maria Dorta de
Keywords: Reestruturação Produtiva
Poder Partilhado
Agricultura irrigada
Issue Date: 2005
Citation: CARVALHO, Lêda Vasconcelos. Reestruturação produtiva pactuada nos agropólos do Ceará: o caso Jaguaribe-Apodi. 2005.203f. – Dissertação (Mestrado)-Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2005.
Abstract in Portuguese: Neste estudo, ocupamo-nos em analisar a reestruturação produtiva no semi-árido cearense, adotando como foco de análise as práticas partilhadas de poder ou "práticas de consertação", Centramos nas políticas e estratégias de desenvolvimento rural implementadas pelo Governo do Estado do Ceará entre os anos de 1998 a 2003, privilegiando as articulações políticoinstitucionais, as parcerias e as "alianças estratégicas" que movimentam o agronegócio na agricultura de irrigação. Para efeito de nossa investigação empírica destacamos o Arranjo Produtivo Local (APL) da fruticultura irrigada do Projeto Irrigado Jaguaribe-Apodi, no Agropólo Baixo Jaguaribe, posto pelas instâncias governamentais como uma das experiências mais exitosas de práticas pactuadas de poder sob a ótica do agronegócio. Durante as análises documental e empírica constatamos que: A agricultura irrigada, proclamada pelas instâncias governamentais como núcleo agrícola eficiente de irradiação do crescimento econômico com desenvolvimento social, não vem se traduzindo na melhoria do desempenho social dos municípios cearenses, inclusive das áreas de concentração do agronegócio. As reais condições de vida dos trabalhadores rurais contrastam com o "oásis" que o poder estatal preparou para o capital agroindustrial nas áreas semi-áridas irrigadas cearenses; Ao contrário da eliminação do trabalho agrícola e a sua imediata relação com a desqualificação - argumento que ganha ênfase nos documentos governamentais e empresariais para justificar o desemprego/subemprego no campo - o que se evidencia nos espaços rurais é uma radicalização da dependência do trabalho agrícola aos grandes complexos agroindustriais e a proletarização no campo, sob a base da precarização das relações de trabalho, da concentração de renda e da mercantilização da terra; As "práticas de consertação" visam fragmentar os trabalhadores e suas lutas, a fim de tentar conter a "explosão" de conflitos sociais que a reestruturação produtiva mundial do capital provoca, contando com o Estado que, n~~se processo, permanece premido entre o agravamento das condições de vida das classes trabalhadoras, sobretudo da força humana que trabalha a terra, e suas reais possibilidades de reduzir os conflitos decorrentes.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40337
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2005_dis_lvcarvalho.pdf113,28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.