Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47694
Title in Portuguese: Afroinscrições em Petrópolis: história, memória e territorialidades
Author: Silva, Renata Aquino da
Advisor(s): Cunha Júnior, Henrique Antunes
Keywords: Pan-africanismo
Afroinscrições
Memória
Territorialidades
Issue Date: 2018
Citation: SILVA, Renata Aquino da. Afroinscrições em Petrópolis: história, memória e territorialidades. 2018. 155f. - Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação, Fortaleza (CE), 2018.
Abstract in Portuguese: Os territórios são fundamentais para compreendermos as inscrições técnico-científicas das populações negras na sociedade brasileira. Aqui foi estudado o espaço geográfico da cidade de Petrópolis tendo como parâmetros as afroinscrições, o povoamento e o desenvolvimento da região feito por africanos e afrodescendentes. A pesquisa se insere no campo da Afrodescendência, utilizando os conceitos espaço urbano afrodescendente e formação de territorialidades afrodescendentes, tendo como parâmetro as propostas do pan-africanismo e de autores como Raul Ruiz Asúa Altuna, Clóvis Moura e Guerreiro Ramos, Henrique Cunha Junior e Milton Santos. A história de cidade de Petrópolis comporta duas ideologias, a primeira em ser uma cidade resultante da imigração alemã de 1843 e a segunda em ser uma cidade imperial. Nas duas perspectivas, está subentendida e reafirmada de outras maneiras a suporta inexistência de população negra importante nesta história. Argumento contra tal ideologia, reafirmando e investigando a existência de colonizadores africanos a partir das diversas fontes que podem levar ao encontro das afroinscrições, como patrimônio material e imaterial na história e na cultura da região. Parto da ideia da constituição de um território subordinado à Freguesia de Nossa Senhora de Inhomirim no período colonial se deu devido à navegação do rio Piabanha que foi um elemento geográfico importante na dinâmica do território da região e devido ao afluxo de populações dos arredores, não somente devido à estrada do ouro, como é geralmente abordada a questão da economia da região. A base do povoamento da região se deu por meio da navegação do rio Piabanha e das fazendas que exploravam o trabalho escravizado. Do território ocupado por africanos e afrodescendentes, foi formada a cidade que, posteriormente, instalou alguns grupos de alemães e, nesta fusão populacional, constituiu-se a forte presença de populações negra e mesmo branca, de outra origem que não a alemã. Por último discuto as consequências das afroinscrições em Petrópolis nas dimensões da educação e da cultura. Essa tese é uma abordagem do desenvolvimento e povoamento da Petrópolis na perspectiva da população negra, sob as propostas do pan-africanismo, que se propõe contribuir para o atendimento das determinações da lei 10639/03.
Abstract: Territories are fundamental to the understanding of the technical and scientific inscriptions of black populations in Brazilian society. In this work, the geographic space of the city of Petrópolis was studied taking as parameters its Afro-inscriptions, also the settlement and the development of the region made by Africans and Afro-descendants. The research is inserted in the field of Afrodescendence, using the concepts of Afro-Descendant Urban Space and the formation of Afro-Descendent Territorialities. As parameters, the study presents the proposals of Pan-Africanism and authors such as Raul Ruiz Asúa Altuna, Clóvis Moura, Guerreiro Ramos, Henrique Cunha Junior, and Milton Santos. The history of the city of Petrópolis presents two ideologies, the first being a city resulting from 1843s German immigration and the second is the fact that it is an imperial city. From both perspectives, the alleged lack of important black population in this story is implied and reaffirmed in other ways. I argue against such an ideology, reaffirming and investigating the existence of African settlers from the various sources that can lead to the meeting of Afro-inscriptions as a material and intangible cultural heritage in the history and culture of the region. I start from the idea that the constitution of a territory subordinate to the Parish of Nossa Senhora de Inhomirim in the colonial period was due to the navigation of the Piabanha river, which was an important geographical element in the dynamics of the region’s territory, and due to the influx of populations from the surroundings, not only because of the gold route, as the issue of the region’s economy is generally addressed. The base of the region’s settlement was through the navigation of the Piabanha river and through the farms that exploited the slave labor. From the territory occupied by Africans and people of African descent, the city was formed, which later installed some groups of German immigrants. In this population fusion, a strong presence of black and white populations from other than German origin was constituted. Finally, I discuss the consequences of Afro-inscriptions in Petrópolis on the education and culture dimensions. This thesis is an approach to the development and settlement of Petrópolis from the perspective of the black population, under the proposals of pan-Africanism, which aims to contribute to the fulfillment of the provisions of law 10639/03.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47694
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_rasilva.pdf5,75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.