Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6064
Título: Resistências à biopolítica na educação: arte ativista na exceção brasileira
Autor(es): MOURÃO, Alexandre de Albuquerque
Orientador(es): LIMA, Homero Luís Alves de
Palavras-chave: Biopolitic
Military dictatorship
Brasil – História-1964-1985
Biopolítica
Movimentos de protesto – Brasil – arte
Estado de Exceção
Data do documento: 2013
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: MOURÃO, A. A.; LIMA, H. L. A. (2013)
Resumo: A partir do contexto de uma realidade Biopolítica, articulada com as doutrinas neoliberais, apontadas por Michel Foucault, procuraremos, em um primeiro momento, relacionar esse poder sobre as espécies e as populações, com os conceitos de Estado de Exceção e Homo Sacer desenvolvidos por Giorgio Agamben. É dizer, situaremos de que maneira os temas referentes à exceção brasileira – a influência da Ditadura Militar na democracia – se articulam com a educação. Nesse sentido, essa dissertação tem como objetivo realizar uma pesquisa das práticas de arte ativista, as denominadas intervenções urbanas educativas, às biopolíticas incrementadas do período da Ditadura Militar até hoje. Trata-se de pesquisar de que maneira essas intervenções urbanas se colocam como estratégias de resistência educacional ao campo biopolítico. Como metodologia, escolheremos a pesquisa bibliográfica e documental em livros, fotografias, vídeos e imagens referentes à temática. Apresentaremos as estratégias de resistência à biopolítica, com foco na apresentação dos trabalhos de três coletivos que vem desenvolvendo Intervenções Urbanas, de arte e resistência ao modelo de exceção brasileiro iniciado pela Ditadura Militar e presente na atualidade. Analisaremos experiências do coletivo fortalezense Aparecidos Políticos, do paulista Coletivo Político QUEM e do nacional Levante Popular da Juventude. Serão apresentadas algumas intervenções dos coletivos realizadas entre os anos de 2010 e 2012 centradas nas questões concernentes às exceções brasileiras. Finalizaremos a dissertação relacionando com os aportes teóricos levantados, os trabalhos desses coletivos, e demonstrando de que forma essas intervenções urbanas educativas vêm, de alguma maneira, quebrando consensos estabelecidos em relação à educação e à realidade.
Abstract: At first, from the perpective of a biopolitic reality and neoliberal doctrine pointed by Michel Focault, this writting will describe the interectation between the power over species and population with the concepts of "Exception State" and "Homo Sacer", which was developed by Giorgio Agamben. In addition, it will be made referance of how, themes such as the brazilian exception - the influence of military dictactorship in democracy- and education can be articulated. The aim of this dissertation is to research how the artistic intervention on urban areas about the military dictatorship, named as "education urban intervention" can be used as educational strategy in the biopolitc field. The methodology we choose was the bibliographic and documental research, books, photography, videos and images refering to the topic were used. Whatsmore, there will be presented the work of three groups, called "coletivos" which have been using those urban interventions and its strategies. The name of those are : "Aparecidos Polítcos" from Fortaleza , "Coletivo Político QUEM" from São Paulo and the national wide "Levante Popular da Juventude", This intervention are between the years 2010 and 2012 and are linked with the brazilian exception. The dissertation ends with the relationship of the studieded theories, the work of theses colectives and a demonstration at the way this educational urban interventions changes the way people see the education and the reallity.
Descrição: MOURÃO, Alexandre de Albuquerque. Resistências à biopolítica na educação: arte ativista na exceção brasileira. 2013. 92f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6064
Aparece nas coleções:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013-DIS-AAMOURAO.pdf935,16 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.