Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6681
Título: As vogais e as cores
Autor(es): MONTEIRO, José Lemos
Palavras-chave: Poesia simbolista
Ritmo
Sonoridade
Data do documento: 1985
Editor: Revista de letras 8 (1) - jan./jun. 1985
Citação: MONTEIRO, J. L. (1985)
Resumo: Foi Charles Baudelaire quem, num verso famoso, (I), resumiu a teoria das correspondências entre sons, cores e odores. A idéia essencial era a de que as sinestesias constituíam um processo cósmico em que tudo se amalgamava e refletia uma só realidade, sem que houvesse fronteiras nítidas entre sensações, pensamentos e emoções. Essa teoria foi levada às últimas conseqüências pelos poetas simbolistas que estabeleceram esquemas associativos entre sons físicos e lingüísticos, aproximando a literatura da música e fazendo que o poema .evocasse, pela sonoridade e ritmo, sugestões de todas as ordens...
Descrição: MONTEIRO,José Lemos.As vogais e as cores. Revista de Letras, Fortaleza, v. 8, n. 1, p. 41-65, 1985
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6681
ISSN: 01018051
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1985_Art_JLMonteiro.pdf3,23 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.