Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7344
Title in Portuguese: Artesãos da pele: aprendendo a ser tatuador
Author: Ferreira, Diego de Jesus Vieira
Advisor(s): Beserra, Bernadete de Lourdes Ramos
Keywords: Trajectories
Learning
Tatuagem - Aspectos sociais - Fortaleza(CE)
Tatuadores - Fortaleza(CE)
Aprendizagem
Issue Date: 2012
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: FERREIRA, Diego de Jesus Vieira. Artesãos da pele: aprendendo a ser tatuador. 2012. 165f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2012.
Abstract in Portuguese: Nas ultimas décadas, têm-se observado que a prática da tatuagem adquiriu novas formas de usos e valores sociais, perdendo muito da sua aura de marginalidade, disseminando-se com poucas restrições de classe, gênero ou idade. Antes restrita a meios marginais, foi recentemente convertida em objeto de consumo, amplamente publicizada, alargando sua parcela de consumidores, exigindo novos procedimentos sanitários e transformando o oficio de tatuador em uma ocupação lucrativa. A partir da observação de campo em três estúdios de tatuagem na cidade de Fortaleza, abordo o fenômeno focando nas trajetórias de seis tatuadores. Os procedimentos metodológicos adotados foram entrevistas semi-dirigidas com os tatuadores, conversas informais com clientes e a observação participante nos estúdios. Os dados colhidos sugerem que os tatuadores, majoritariamente oriundos de classes populares, encontram na prática da tatuagem um modo de ascender socialmente, evitando as profissões normalmente reservadas a indivíduos de baixa escolaridade e oriundos de famílias humildes, surgindo como uma opção viável em contraponto ao desemprego ou ocupações desprestigiadas. Busco discutir como os meios de inserção, aprendizagem e sucesso no universo da tattoo refletem o tradicionalismo desse circuito bastante restrito, onde os neófitos devem ser iniciados nos saberes da prática através da tutela de mestres reticentes em cultivar uma geração mais jovem, dada a possibilidade de estarem formando possíveis concorrentes. Indago ainda sobre a percepção que os profissionais têm sobre o próprio ofício onde, apesar de reclamarem para si ideais de rebeldia e inconformismo, muitas vezes atuam de forma contrária aos valores que defendem, tanto nas formas de transmissão das técnicas, quanto na sua adesão à lógica de mercado.
Abstract: In recent decades, it has been observed that the practice of tattooing has acquired new forms and uses of social values, losing much of its aura of marginality, spreading with few restrictions of class, gender or age. Before means restricted to marginal, has recently become an object of consumption, widely announced, expanding its share of consumers demanding new sanitary procedures and transforming the office of tattooist in a lucrative occupation. From the field observations in three tattoo parlors in the city of Fortaleza, aboard the phenomenon by focusing on trajectories of six tattoo artists. The methodological procedures were semi-directed interviews with tattoo artists, informal conversations with customers and participant observation in the studios. The data collected suggest that tattoo artists mostly from the lower classes, are in the practice of tattooing a way to rise socially, avoiding occupations usually reserved for individuals with low education and come from humble families, emerging as a viable option as opposed to unemployment occupations or discredited. Busco discuss how the insertion means, learning and success in the world of tattoo reflects the traditionalism of this circuit very limited, where the neophytes should be initiated into the practice knowledge through the guidance of masters reluctant to cultivate a younger generation, given the possibility of are forming possible competitors. I inquired further about the perception that professionals have about the office itself where, although you claim to ideals of rebellion and nonconformity, often act in a manner contrary to the values they defend, both in the forms of transmission techniques, and in their adherence to market logic.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7344
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012-DIS-DJVFERREIRA.pdf1,23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.