Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7537
Title in Portuguese: Educação e Saúde: a escola como lócus de higiene no Ceará (1930 - 1960)
Title: Education and Health: School as a locus of Hygiene in Ceará (1930-1960)
Author: Lima, Ana Michele da Silva
Advisor(s): Vasconcelos Júnior, Raimundo Elmo de Paula
Keywords: Health
Education
Higiene escolar - Aspectos sociais - Ceará - 1930-1960
Educação sanitária - Aspectos sociais - Ceará - 1930-1960
Política de saúde - Ceará - 1930-1960
Issue Date: 2013
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: LIMA, Ana Michele da Silva. Educação e Saúde: a escola como lócus de higiene no Ceará (1930 - 1960). 2013. 129f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2013.
Abstract in Portuguese: A presente pesquisa tem como objeto de estudo, a Higiene Escolar no período entre 1930 a 1960, investigando a memória do ambiente de ensino, revivendo concepções e representações de higiene e desse ambiente, a partir das modificações históricas de concepções relacionadas à educação, a pedagogia, a escola e a infância em si. Considerando o histórico educacional no dado período, em uma perspectiva macro a micro, das propostas e imposições feitas a partir de intervenções médico-escolares e das mudanças ocasionadas por essas na estrutura de Instrução Pública no Ceará. Salientando aqui como justificativa para a escolha da datação, a configuração de um período de continuas mudanças na vida política, econômica e cultural e de diversos lócus representativos da população brasileira. A análise na documentação oficial, e nas revistas especializadas é uma busca de rever como os médicos, instituições e profissionais da educação avançaram em estudos e intervenções dos problemas higiênicos no Estado, mas principalmente em Fortaleza. Tais intervenções eram legitimadas a partir de concepções higienistas e civilizadoras onde a escola era meio disseminador e formador de homens úteis, capazes e cientes das questões sanitárias contemporâneas na cidade. Neste sentido analisar conceitos e representações em torno do que é saúde, doença, higiene e educação, e como essas significações se proporam articuladoras e manipuladoras de toda uma reestruturação social, se faz necessário. Pretendemos assim verificar o estabelecimento de uma ligação entre o lar, à escola e a saúde pública local por parte das autoridades, visando uma reeducação que se tentava distanciar das imposições dadas pelos códigos de postura. A busca de fazer das medidas não regras, mas hábitos, na medida do possível, a todos, refletindo em mudanças na estrutura educacional, desde a perspectiva física, às questões pedagógicas para com as crianças e na própria formação docente, promovendo e revelando, assim, estratégias de controle e organização da cidade.
Abstract: This research aims to study the School Hygiene in the period from 1930 to 1960, investigating memory learning environment, reliving conceptions and representations of hygiene and that environment, from the historical changes of concepts related to education, pedagogy , school and childhood itself. Considering the history of education in a given period, in a macro to micro perspective, proposals and impositions made from medical-school interventions and changes occasioned by these structure of Public Instruction in Ceará. Stressing here as justification for the choice of dating, setting a period of continuous changes in political, economic and cultural locus of several representative of the population. The analysis in the official documentation, and in magazines is a quest to review how physicians, institutions and education professionals in advanced studies and interventions of hygienic problems in the state, but mostly in Fortaleza. Such interventions were legitimized from conceptions hygienists and civilizing where the school was half disseminator and trainer of men useful, capable and aware of health issues in the contemporary city. In this sense to analyze concepts and representations around what is health, illness, health and education, and how those meanings were manipulative and have proposed coordinating a whole social restructuring is necessary. We intend to verify the establishment of a link between home, school and local public health by the authorities, aimed at re-education that tried to distance the charges given by the codes of posture. The quest to make the measures not rules, but habits, as far as possible, to all, reflecting changes in the educational structure from a physical perspective, the pedagogical issues to children and their own teacher training, promoting and revealing, so control strategies and organization of the city.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7537
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013-DIS-AMSLIMA.pdf2,51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.