Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8588
Title in Portuguese: A inclusão escolar na educação infantil: um olhar sobre a prática docente
Title: Inclusion scolaire dans l'éducation de la petite enfance: un regard sur la pratique de l'enseignement
Author: Fernandes, Anna Costa
Advisor(s): Figueiredo, Rita Vieira de
Keywords: Educação Inclusiva
Prática de Ensino
Educação da Criança
Inclusão Educacional
Issue Date: 2013
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: Fernandes, A. C.; Figueiredo, R. V. (2013)
Abstract in Portuguese: Este estudo investigou as práticas pedagógicas de uma professora da Educação Infantil de uma escola da rede municipal de Fortaleza, identificando as suas dificuldades e potencialidades diante de um ambiente de educação inclusiva. À luz da teoria de Vygotsky, foi realizada uma pesquisa, do tipo estudo de caso. Os procedimentos metodológicos incluíram: a entrevista semi-estruturada; observações da sala de aula e a aplicação da Escala de Avaliação de Ambientes de Educação Infantil (ECERS-R). A entrevista visava identificar as concepções da professora acerca de conceitos tais como: inclusão, infância, desenvolvimento e aprendizagem. A análise das praticas da professora foi efetuada de acordo com as sub-escalas da ECERS-R: espaço e mobiliário, rotinas de cuidado pessoal, linguagem e raciocínio, atividades, interação, estrutura do programa, pais e equipe. Os resultados indicaram que a média nacional da educação infantil avaliada por este instrumento é 3,4; a da professora participante deste estudo é 3,1 e a média da educação no município de Fortaleza é 2,2. No que se refere à inclusão escolar a professora desenvolvia atividades que favoreciam o processo de inclusão, ela aceitava os alunos em sua turma, acolhendo-os em suas singularidades e evitando segregá-los dos grupos e das atividades propostas para a turma toda. No entanto, ela pouco encorajava a realização de atividades em pequenos grupos onde os próprios alunos desenvolvessem estratégias para a aceitação e acolhimento das diferenças. Suas aulas repetiam uma rotina que não permitiam uma contextualização das atividades as quais não estavam integradas numa sequência didática vinculada a um planejamento. Podemos inferir que questões político-administrativas presentes na estrutura escolar, como falta de um trabalho em equipe e de um programa destinado à educação infantil, tiveram mais impactos negativos na prática pedagógica observada do que as concepções da professora. Conclui-se que a presença de alunos com deficiência, autismo e hiperatividade não mobilizou mudanças nas práticas da professora. Possivelmente para que alterações se manifestem no contexto da sala de aula é necessário mudanças na gestão da escola e no encaminhamento do trabalho pedagógico da equipe de professoras. A pesquisa permite deduzir que reuniões para compartilhar experiências e construir saberes permitiriam que a professora visualizasse suas práticas sob o olhar do outro, permitindo realizar um trabalho menos repetitivo, possibilitando que o brincar bem como a relação com os pares fossem vistos como importantes fontes de aprendizagem.
Description: FERNANDES, Anna Costa. A inclusão escolar na educação infantil: um olhar sobre a prática docente. 2013. 198f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8588
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_dis_acfernandes.pdf2,91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.