Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3171
Título: Formação teatral e o encantamento da ancestralidade africana – caminhos e encruzilhadas para uma formação assentada na cultura de matriz afrodescendente: culto Egungun e maracatu de Fortaleza
Autor(es): SANTOS, Francisco Wellington Pará dos
Orientador(es): CUNHA JÚNIOR, Henrique Antunes
Palavras-chave: Ancestralidade africana
Egungun
Maracatu
Teatro
Afrodescendência
Exu
Oxum
Ascendance africaine
Téâtre
Descendants africains
Teatro na educação
Folclore e educação - Fortaleza(CE)
Brasil - Civilização - Influências africanas
Data do documento: 2010
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: SANTOS, F. W. P. ; CUNHA JÚNIOR, H. .A. (2010)
Resumo: Esta pesquisa centra-se na Ancestralidade Africana. Estruturada nesse conceito busca elencar possibilidades para uma formação teatral que não invisibilize o pertencimento étnico dos afrodescendentes. Partindo de um reconhecimento da força poético-imagética do Culto Egungun e de uma vivência no Maracatu Nação Baobá, num bairro de Fortaleza, foi possível apresentar uma discussão na intenção de fazer o pensamento dançar como festivamente ensina a cultura tradicional africana de matriz ioruba. Uma pesquisa que foi compartilhada com os integrantes do Grupo de Teatro Tambor de Rua, a fim de que os estudos teóricos fossem postos na circularidade esférica que movimenta a realidade cotidiana sempre mais indômita. Esse trabalho tem como ponto de partida a fecundação do teatro na minha história de vida, trespassada pelo Candomblé Ketu-Nagô, mais intimamente a presença de Exu-Oxum que me mostraram um jeito contemporâneo – via internet – de revisitar a tradição. Foi a partir dessa contação que os caminhos e encruzilhadas se nos mostraram possíveis. Laroiê! Ora ie iê ô!
Abstract: Cette recherche centre sur l’Ascendance Africaine. Struturée sur ce concept elle cherche à presenter dês possibilites pour une formation théâtrale qui ne rende pás invisible l’appartennance ethnique dês descendants africains. À partir d’une reconnaissance de la force poétique et imagétique du Culto Egungun et d’un vécu au Maracatu Nação Baobá, dans la balieue de Fortaleza, Il a été possible de présenter une discussion ayant le but de faire la pensée danser comme fait apprendre la culture africaine traditionnelle d’origine ioruba. Cette recherche a été partagée avec lês intégrants du Groupr Tambor de Rua, afin que lês études théoriques soient mises dans la circularité sphérique qui meut la réalité quotidienne toujours plus indomptable. Ce travail a commme point de départ la fécondation du théâtre dans mon histoire de vie, transppercée par le candomblé Ketu-Nagô, plus intimement Exu-Oxum qui m’ont montre une façon contemporaine – via internet – de revisiter la tradition. À partir du fait de raconter que lês chemins et croisements nous ont été montrés possibles. Laroiê! Ora ie iê ô!
Descrição: SANTOS, Francisco Wellington Pará dos. Formação teatral e o encantamento da ancestralidade africana – caminhos e encruzilhadas para uma formação assentada na cultura de matriz afrodescendente: culto Egungun e maracatu de Fortaleza. 2010. 225f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3171
Aparece nas coleções:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_Dis_FWPSANTOS.pdf4,77 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.